Alterar tamanho da fonte
 

Conselho do Planeamento Urbanístico visita Hangzhou para intercâmbio de experiências no âmbito do planeamento urbanístico

Data: 2018-10-30 Data de upload:2018-10-30

O Conselho do Planeamento Urbanístico (adiante designado por “CPU”) deslocou-se a Hangzhou nos dias 8 a 11 de Outubro para um intercâmbio interactivo com o HangZhou Planning Bureau sobre as mudanças e o desenvolvimento do planeamento urbanístico de Hangzhou ao longo dos anos, os trabalhos de protecção do património histórico e cultural, as instruções técnicas na área do planeamento urbanístico, etc. O CPU inteirou-se também do desenvolvimento do planeamento urbanístico da zona paisagística de Lago do Oeste, do desenvolvimento do novo planeamento urbanístico de Qianjian e visitou o “Dream Town of Hanzhou Future Sci-Tech City” e a “China Artificial Intelligence Town” de Hangzhou.

Acompanhado pelo Director do Hangzhou Planning Bureau, Sra. Zhang Qin, o Conselho visitou o “Hangzhou City Planning Exhibition Hall” e realizou uma palestra com os funcionários da Divisão do Plano Director, da Divisão do responsável pelo Plano Pormenor e do Centro da Elaboração do Plano de Hangzhou Planning Bureau.

Os vogais consideraram importantes os trabalhos de estratégia de controlo de macroscópico e paisagística, das estratégias de reordenamento em cada uma das zonas, do controlo das parcelas importantes, das disposições legais, etc., principalmente às exigências de planeamento dos edifícios circundantes, à intensidade do desenvolvimento, à altura máxima, ao volume das construções, à coordenação entre  a paisagem e as montanhas do Lago do Oeste (zona fulcral do património), à restauração das construções e ao mecanismo de regresso dos moradores aos seus domicílios durante a promoção da renovação das ruas, etc. Os vogais indicaram que as cidades de Macau e Hangzhou são património mundial e à medida que se desenvolvem e mudam da cidade, enfrentam o mesmo desafio no âmbito dos trabalhos relativos à construção urbana e ao planeamento urbanístico, nomeadamente na remodelação dos bairros antigos e no desenvolvimento de infra-estruturas na zona dos novos aterros. No que diz respeito à experiência em termos de preservação e exploração da cidade de Hangzhou, pode ser uma referência e Macau pode com ela aprender, podendo também ajudar os vogais nos seus trabalhos relativos ao planeamento urbanístico de Macau.


O Conselho do Planeamento Urbanistico visita o Hangzhou Planning Bureau